11 de out de 2010

Oie!
Depois de tanto tempo sofrendo com a minha cabeça enlouquecida, que não me deixava fazer nada, inclusive acessar isso aqui (que tanto gosto), tô voltando.
Foram muitas as mudanças na minha vida: conhecimento, frustração, descobertas...
Processo de loucura que passamos durante a vida. Uns mais que outros.
Por enquanto, ainda não esta tudo bem, mas ta indo.

Mas to feliz por poder estar passando por essa loucura.

12 de mai de 2010

20 Trocas que valem a pena

Olá!
Prometi dar mais atenção ao blog durante as férias, mas alguns pepinos não me deixaram.
Pra "tentar" me redimir vou postar um texto que recebi por email, bem interessante.
Não sei a fonte, mas o texto não é meu.
Vale a pena conferir:

Pão francês por integral
 Eis uma forma de começar o dia protegendo as artérias. A massa integral presenteia o organismo com boas doses de fibras. Esse ingrediente serve de alimento a bactérias aliadas que moram no intestino. Bem nutridas, algumas delas fabricam mais propionato, uma substância que tem tudo a ver com os níveis de gordura na circulação. “Ao chegar ao fígado, ela diminui a produção de colesterol”, explica a gastroenterologista Jacqueline Alvarez-Leite, da Universidade Federal de Minas Gerais. Com isso, cai também a quantidade dessa partícula no sangue.

Leite integral por desnatado
Esse esquema garante a entrada do cálcio, tão caro aos ossos, sem um bando de penetras gordurosos. A bebida desnatada tem o mesmo teor do mineral, com a vantagem de ostentar menos ácidos graxos saturados. O excesso desse tipo de gordura eleva os níveis de LDL, a fração ruim do colesterol. “Isso porque reduz o número de receptores que captam LDL nas células”, ensina a nutricionista Ana Maria Pita Lottenberg, do Hospital das Clínicas de São Paulo. Se esse mecanismo não funciona direito, o colesterol vaga no sangue, pronto para se depositar na parede das artérias.

Óleo de soja e outros por azeite
O ganho dessa troca vem da combinação entre gorduras benéficas e antioxidantes que povoam o óleo de oliva. Uma de suas vantagens é fornecer doses generosas de ácidos graxos monoinsaturados. “Eles não aumentam os níveis de LDL e ainda ajudam a erguer um pouco as taxas de HDL, o colesterol bom”, afirma o cardiologista Raul Dias dos Santos, do Instituto do Coração de São Paulo. “Além disso, os compostos fenólicos do azeite evitam a oxidação do colesterol, fenômeno que propicia a formação das placas”, completa Jorge Mancini, diretor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo.

Pizza de mussarela pelas de vegetais
A ideia pode não agradar aos fãs mais puristas das pizzarias, mas presta um enorme serviço aos vasos sanguíneos. Deixar camadas e mais camadas de queijo de lado de vez em quando significa podar gordura saturada do cardápio. Como você viu, ela protagoniza o disparo do LDL, o tipo perigoso do colesterol. Substituir a mussarela ou a quatro queijos pelas redondas cobertas de vegetais é uma saída para degustar pizzas sem receio. Opções não faltam — vale pizza de escarola, de rúcula, de brócolis e até de abobrinha. E elas oferecem um bônus: pitadas de fibras e antioxidantes.

Salgadinhos por castanhas
Essa troca é destinada àquele momento em que pinta a fome no meio do dia. Solução fácil, mas nada saudável, seria recorrer aos salgadinhos ou biscoitos recheados, petiscos que costumam contar com gordura trans em sua receita. “Ela não só faz aumentar o LDL como ainda contribui para derrubar o HDL”, alerta Ana Maria Lottenberg. Para escapar da malfeitora, aposte nas castanhas e nas nozes — legítimos depósitos da gordura monoinsaturada, que faz exatamente o trabalho oposto. “As oleaginosas ainda são fontes de antioxidantes”, lembra Jorge Mancini.

Cereais açucarados por aveia 
A aveia tem fama de ser um dos cereais mais nutritivos do planeta. Por isso merece um espaço logo no café da manhã — seja na forma de flocos, seja no mingau. Um estudo da Universidade Federal de Santa Catarina comprova, mais uma vez, sua capacidade de cortar a gordura que sobra no sangue. “A aveia é rica em betaglucanas, fibras fermentadas no intestino e capazes de regular a síntese de colesterol”, explica a autora, Alicia de Francisco, que também é coordenadora para a América Latina da Associação Americana de Químicos de Cereais. “Observamos que elas ainda aumentam o HDL.”

Bauru por peito de peru e queijo branco
Calma, não pretendemos condenar ao ostracismo um lanche tão tradicional como o bauru. O problema é que ele deixa a desejar se as taxas de colesterol já rumam aos céus. Basta averiguar seus ingredientes: queijo prato e presunto, redutos de gordura saturada e colesterol. Que tal substituí-lo por um sanduba de peito de peru e queijo branco, que é mais esbelto do que seu congênere? Experimente. Só é preciso ficar atento ao tamanho do lanche. Ora, uma gigantesca baguete recheada pode fornecer mais calorias e gorduras do que um bauru de porte modesto.


Camarão por peixe 
Convenhamos: frutos do mar não são tão frequentes no prato do brasileiro. Mas vale ficar atento durante aquela viagem à praia para não se abarrotar de camarões. Eles encabeçam o ranking marinho de colesterol — são 152 miligramas da gordura em uma porção de 100 gramas. Ou seja, quase o triplo do que é oferecido pela mesma quantidade de um peixe gordo como o salmão. Esse pescado se sai melhor também por outro motivo: ele é carregado de ômega-3. E uma nova pesquisa da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, revela: o ômega diminui a captação de LDL pela parede das artérias, prevenindo as placas.

Picanha por lombo 
O porco não é mais gordo que o boi nem o boi é mais gordo que o porco. Tudo é uma questão de corte. Há peças bovinas com menos gordura saturada, caso da alcatra e do filé mignon, e há aquelas parrudas, como a picanha e o cupim. O mesmo raciocínio se aplica à carne suína: o lombo é mais magro que o pernil. Mas saiba que há medidas para retalhar o possível malefício de qualquer corte rechonchudo. “Limpe a peça antes de cozinhá-la, retirando toda gordura aparente”, ensina Ana Maria. Até porque, apesar de a gente não ver, altas doses do nutriente já estão emaranhadas na carne.

10 Manteiga por margarina 
Elas mantêm uma rivalidade histórica e ainda suscitam debates entre os experts. No duelo em prol de artérias saudáveis, porém, a margarina leva certa vantagem, porque não conta com a famigerada gordura de origem animal e o colesterol. Nos últimos anos, a indústria tem acrescentado componentes à sua fórmula para torná-la mais benéfica. Entre eles, destaque para os fitosteróis, que facilitam a expulsão do colesterol pelas fezes. “Os produtos enriquecidos com essa substância são indicados a quem já tem colesterol alto”, avisa Ana Maria.

11 Quindim por compota de frutas
Os doces costumam ser condenados por carregarem açúcar demais. Quando a discussão envolve colesterol, porém, o açúcar pesa menos do que outro ingrediente comum em quindins, brigadeiros e bolos: a gordura. A manteiga, o creme de leite e outros ingredientes gordurosos que dão consistência aos quitutes levam consigo ácidos graxos saturados, que alavancam as taxas de LDL. Não à toa, os especialistas aconselham trocar esse tipo de sobremesa por opções que, sem perder o sabor adocicado, são desengorduradas. O melhor exemplo são as compotas de frutas. Só não vale, é claro, abusar

12 Suco de laranja pelo de uva
Essa é para matar a sede e resguardar o peito. É na casca da uva que está um parceiro do coração, o resveratrol. “Ele atua na redução do colesterol e tem efeito antioxidante”, diz a bioquímica Tânia Toledo de Oliveira, da Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais. Ao impedir que as partículas de LDL se oxidem, a substância evita indiretamente que elas grudem na parede do vaso. Ao contrário do que muita gente pensa, o resveratrol não é exclusivo do vinho. O suco de uva natural e feito na hora (com casca, por favor!) também o disponibiliza ao organismo.

13 Chá de ervas por chá-mate
Não é campanha contra a receita da avó, mas as infusões à base de camomila e afins perdem feio para o mate se o assunto é colesterol. Que o digam cientistas da Universidade Federal de Santa Catarina, que avaliaram as propriedades dessa erva típica do sul do país. “Notamos uma queda de 8,5% nos níveis de LDL em voluntários com taxas normais e uma redução extra de 13,5% em pessoas que tomavam remédios para abaixar o colesterol”, conta o farmacêutico Edson Luiz da Silva, que liderou a pesquisa. A proeza vem das saponinas, moléculas presentes no mate. “Elas diminuem a absorção do colesterol no intestino, favorecendo sua excreção pelas fezes”, explica.

14 Cebola branca por cebola roxa 
Essa troca pode ser estendida à alface e ao repolho: prefira sempre o roxo. As hortaliças com essa cor abrigam um pigmento que aplaca o colesterol, a antocianina. “Experimentos feitos em animais no nosso laboratório mostraram que ela reduz consideravelmente a concentração da gordura no sangue”, conta a professora Tânia Toledo de Oliveira, da Universidade Federal de Viçosa. “A substância inibe uma enzima que participa da síntese de colesterol no fígado, além de aumentar sua eliminação do organismo.” Morangos e cerejas, saiba, também são reservas de antocianinas.

15 Molho branco pelo de tomate
O macarrão é o mais inocente por aqui. Quem incentiva ou não a escalada do colesterol é o molho — sempre. O branco é bem gordo. Em 2 colheres de sopa encontramos 4,5 gramas de gordura. Como o preparo exige creme de leite e queijo, o prato fica cheio de ácidos graxos saturados. Uma bela macarronada ao sugo não guarda esse perigo. Nas mesmas 2 colheres de sopa, há somente 0,1 grama de gordura. “Apenas procure usar o molho de tomate feito em casa e evitar a manteiga no momento de refogá-lo”, orienta a nutricionista Ana Maria Lottenberg. E, se possível, opte pela massa integral.

16 Chocolate ao leite pelo amargo
O doce de cacau se notabilizou como um amigo do sistema circulatório. Mas não é todo chocolate que, de fato, prova sua amizade às nossas artérias. O tipo que merece respeito é o amargo. “Ele possui menos gorduras saturadas que o branco e a versão ao leite”, afirma a nutricionista Vanderlí Marchiori, colaboradora da Associação Paulista de Nutrição. “Sem falar que fornece catequinas, substâncias que ajudam a sequestrar o LDL e impedir sua oxidação”, diz. Mas fique atento ao rótulo: amargo de verdade tem mais de 60% de cacau em sua composição


17 Sal por ervas e alho 
Está em suas mãos uma maneira de preservar os vasos sem deixar a comida ficar insossa: em vez de exagerar no sal, ingrediente que patrocina a hipertensão, use a imaginação e as ervas aromáticas, além de alho. “Ele tem compostos capazes de controlar o colesterol”, exemplifica Vanderlí. E ervas como o orégano e o alecrim merecem ser convidadas à cozinha por causa do seu poder de fogo contra a oxidação, um fenômeno que, você já sabe, não poupa o LDL, tornando-o ainda mais danoso para as artérias. Mas essa ação pode minguar quando os ingredientes são expostos a temperaturas elevadas. Procure acrescentá-los nos minutos finais do cozimento.

18 Frango com pele pelo frango sem pele
Muita gente pensa que basta despir uma coxa de frango assada no prato para se livrar de um boom de colesterol. Ledo engano. “Retirar a pele é, sim, fundamental, mas isso deve ser feito antes de levar a carne ao fogo”, esclarece a nutricionista Cláudia Marcílio, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, em São Paulo. “Quando submetidos ao calor, a gordura saturada e o colesterol da pele conseguem se dissolver e penetrar na carne”, justifica Ana Maria. Aí, será tarde…


19 Queijo pelo tofu 
A intenção não é jogar mais pedras sobre o parmesão, o provolone e até o minas, mas abrir espaço ao tofu, que é feito de soja. Ele é uma preciosidade porque concentra o que o grão tem de melhor: proteínas e isoflavonas. “A proteína da soja aumenta a atividade de receptores que colocam o LDL para dentro das células e inibe a principal enzima responsável pela produção de colesterol”, explica a nutricionista Nágila Damasceno, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. E as isoflavonas não só potencializam a queda do LDL como evitam sua oxidação.

20 Pipoca de micro-ondas pela de panela
Faz toda a diferença investir um tempo a mais para estourar o milho no fogão. “É uma forma de controlar a quantidade de gordura no preparo, porque no produto de micro-ondas ela já é fixa”, argumenta a doutora em ciência dos alimentos Maria Cristina Dias Paes, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, em Sete Lagoas, no interior de Minas Gerais. A versão que ganha na praticidade perde pontos porque carrega ácidos graxos saturados e trans. “Na panela, dá para usar um óleo mais saudável, como o de canola”, diz Cristina. Daí, você aproveita as fibras do milho, deixando seu colesterol em paz.

***********************************
Algumas dessas dicas eu já pus até em pratica e hj, já não sinto tanta falta.
Mas vamos combinar que outras são bem dificeis. Pelo menos pra mim, rs
Bjus

6 de mai de 2010

Preparação e Bico do Papagaio

A temporada de trilhas começou e a preparação para os "novos desafios" tb.
Pratico esse esporte há mais de 3 anos e a cada trilha gosto mais e mais.
E não foi diferente no ultimo domingo, qdo fomos pra Floresta da Tijuca, fazer a trilha do Bico do Papagaio, minha preferida aqui na cidade do Rio.
Levamos um pessoal iniciante que aproveitou bastante o visual tb.
E depois de alguns machucados nas pernas e o joelho estrupiado novamente (o que me rendeu alguns "AntonioNines" só posso dizer que valeu muito a pena.
E comecei eu , novamente, a postar fotos sobre trilhas e paisagens desbundantes, ne?
Mas como posso não publicar isso?
Porque mesmo com a cabeça totalmente fora do lugar, isso é uma das coisas que estão me deixando pensar e decidir.
Então é isso...

29 de abr de 2010

To aqui!

Oie!
Qto tempo não atualizo isso aqui.
Tô tão enrolada e com tanto problema na cabeça que acabo deixando de lado coisas que me distraem, me fazem abstrair essa loucura toda.
Mas semana que vem, entrando de ferias, eu reassumo com a frequencia necessaria que o blog merece.
Enquanto a cabeça gira e a inspiração não da o ar de sua graça vou me virando como posso.

Mas não ta facil não: a cabecinha doi so de pensar...
E, como a vida é feita de escolhas, que a melhor seja feita.
Mudanças geralmente são boas

7 de abr de 2010

Em 7/4/2010 escrevi isso

Depois de algum tempo posso, literalmente, dizer que ressurgi das cinzas...rs
Aproveitei um pouco para colocar minha leitura em dia, já que estou me obrigando a ler, pelo menos, um livro por mês a partir desse ano.
E como ontem fiquei em casa de bobeira, me organizei e inspirei para o meu retorno.
Choveu muito aqui no Rio. Eu nunca vi isso.
É tanta lama, tanto carro abandonado, tanta dificuldade em andar.
Ainda bem que se fez um feriado, porque não dava mesmo para transitar pela cidade.
Hoje a coisa melhorou um pouquinho mas, pelo visto, vem mais chuva por ae.
****************************
E como dizia Lulu: "...a vida é mesmo assim, dia e noite, não e sim..."
A "confusão" faz parte da minha vida e esta instalada na minha cabeça desde sempre.
Mas dessa vez ela se superou e resolveu me enlouquecer. Pelo menos é isso que eu sinto.
Eu sempre aconselho (lógico a quem me pede): espera, pensa e age! Porque tudo leva a uma mudança.
Mas, como em casa de ferreiro o espeto é de pau, não estou conseguindo "visualizar" isso na minha vida e, a cada dia, fico na esperança de não fazer uma merda.
****************************
Mas "a felicidade é para todos" e "tudo tem o seu momento".
Frases de boleia de caminhão que inspiram a vida e dizem tudo.

29 de mar de 2010

Enquanto...

É tudo tão desigual e improvável...
Queria mesmo é voltar a ver "tudo" colorido.
Mas no momento, só algumas coisas me mostram suas nuances.
Março terminando e abril chegando. Daqui a pouco já é Natal na Leader Magazine.

O tempo passando e eu aqui parada
E sem saber o que fazer
Espero que só por enquanto

19 de mar de 2010

Q Bonitinho!

Recebi esse selinho da Talita Ribeiro do Blog Revista Gloss e achei uma gracinha.
Obrigada Talita e volte sempre
Bjus


18 de mar de 2010

Como acelerar o metabolismo

Olá!
Procurando na net um modo de acelerar meu metabolismo, achei vários artigos bem interessantes.
Como esse que segue:


Muitas pessoas comentam que têm um metabolismo muito lento e por isso não conseguem emagrecer. Por mais que façam variados tipos de dieta da moda, não conseguem emagrecer, pois não conhecem o funcionamento do metabolismo humano.
O que a maioria das pessoas desconhece é que podemos acelerar o metabolismo, o que é fundamental para perder a gordura acumulada. Antes de entendermos as maneiras de acelerar o metabolismo, aprenda alguns princípios básicos.
O que é Metabolismo?
Existem muitas abordagens científicas para explicar isso. Porém a melhor abordagem é aquela acessível ao maior número de pessoas possível, que podem entender essa definição a partir de uma linguagem clara e objetiva: metabolismo é a taxa com que o seu corpo queima calorias para se manter vivo.
O seu corpo queima calorias 24hs por dia, todos os dias, não importando se você malha ou não. Lembre-se que o seu corpo precisa de energia o tempo todo, mesmo quando você está dormindo e é por isso que deixar de fazer refeições é com certeza a pior coisa que você pode fazer se o seu objetivo é perder peso através da queima de gorduras.
O que afeta o metabolismo?
Muitas pessoas acham que fatores como níveis de atividade física, tireóide e idade têm grande impacto no seu metabolismo. Esses fatores realmente afetam o seu metabolismo, mas não tanto assim.
O que mais afeta o metabolismo é o tecido muscular. Quanto mais músculos você tiver, mais calorias você vai queimar, independente do do seu nível de atividade, da sua idade, etc. Os músculos são tecidos vivos e estão lá para trabalhar para você, queimando calorias 24hs por dia - todos os dias.
Aqui estão 8 fatores que afetam o metabolismo, em ordem de importância:
(1) Tecido muscular: São fundamentais por causa de todos os fatores citados acima.
(2) Frequência das refeições: Quanto mais tempo você dá entre as refeições, mais o seu metabolismo diminui para conservar energia.
(3) Nível de atividade: É importante, mas não faz nenhuma diferença se você não compatibiliza a sua alimentação com o seu gasto calórico.
(4) Escolha dos alimentos: Por exemplo, as dietas baixas demais em gordura tendem a resultar em baixa produção hormonal o que leva à diminuição do metabolismo.
(5) Hidratação: Mais de 70% das funções do corpo acontecem na presença de água. A falta de água faz com que o seu metabolismo pise no freio.
(6) Genética: Algumas pessoas têm um metabolismo naturalmente mais acelerado do que outras. Você não pode mudar a genética, mas podeestimular a aceleração do seu metabolismo.
(7) Produção e função dos hormônios: É muito pouco provável que você tenha uma tireóide "preguiçosa". Antes de culpá-la, primeiro estabilize o nível de açúcar no sangue (taxa de glicose) e comece progressivamente a praticar exercícios 2-3 vezes por semana.
(8) Estresse: O estresse também pode diminuir o seu metabolismo por colocar o seu organismo em estado de tensão. Além disso, muitas pessoas tendem a comer mais quando estão estressadas.
Porque o metabolismo diminui?
Pesquisas indicam que o metabolismo não diminui significativamente de acordo com a idade e sim de acordo com a falta de músculos. E você não perde músculos de uma hora para outra só por ficar mais velho, e sim por causa da falta de uma atividade física que cause um estresse positivo nos músculos fazendo com que eles se mantenham ou se desenvolvam.
Essas são as 2 maiores causas que fazem com que o seu metabolismo diminua:
  1. Perda de tecido muscular
  2. Diminuição do nível de atividade à medida que se fica mais velho
Você pode perder tecido muscular devido à falta de atividade física específica para esse fim (musculação) ou por não fazer uma alimentação adequada e disciplinada. Quando você pula refeições ficando muito tempo sem comer, o seu corpo vai obter a energia que precisa consumindo o seu próprio tecido muscular (catabolismo).

***********************
Mesmo sem muito tempo no dia-a-dia o ideal é não deixar de fazer alguma atividade física.
Vou mandar minha preguiça pra .... e voltar a fazer, pelo menos, uma caminhada básica.
Bjus

13 de mar de 2010

Ai Deus, me ajude!

Oba! E ae?
Aqui tudo em paz. Tirando o fato de que estamos no período do ano que, pra mim, é o pior de todos.
Hoje tive que dar uma saidinha pra comprar makes basicas e aproveitei para fazer uma masturbação mental, vendo as vitrines. É páscoa e todos os lugares cheiram a chocolate.
Só peço a Deus que me ajude!
Porque até o cheiro do "negócio" me enlouquece. E de tal maneira que não consigo resistir.
Minha RA está aos trancos e barrancos desde o final do ano passado, mas continuo firme na minha ideia de diminuir "tudo" que é ilegal (na minha dieta), imoral ou engorda.
Tanto que parei de tomar refrigerante (há 10 meses) e to, praticamente, abolindo o uso do açucar.
Mas me pergunta se o chocolate foi abolido? Não consigo!
Até ficar alguns dias sem consumir essa substancia dos deus (ou não é de Deus?) eu ja tentei. Mas a vontade volta com tanta força que pareço estar em sindrome de abstinencia. É sério!
Sou dependente do chocolate. Eu assumo.
E em cada loja que entrava a vontade era carregar mais e mais e mais...
Mas me contive e comprei algumas trufas no Cacau Show que aplacaram, temporariamente, minha loucura.
Até quando não sei, porque com todas essas tentações...
E minha mãe já comprou bombom para suas crianças. Ai Deus, me ajude!

5 de mar de 2010

Bem humorada e renovada = surtada!

Ai ai
Até que meu Carnaval não foi tão ruim assim.
Depois de ter reclamado da movimentação aqui na cidade, resolvi entregar a Deus e esperar por dias melhores. Mas na verdade o proprio Carnaval se mostrou perfeito pra mim.
Subi a serra e resolvi experimentar coisas novas: esse ano Visconde de Mauá estava divinamente acolhedor e sedutor. Rolou frio (enquanto no Rio a temperatura estava em torno de 42º), uma trilha cansativa e muitos banhos de cachoeira pra limpar toda energia "carregada" que estava em cima de mim, rs.
Voltei de bom humor (apesar de estar com a cabeça bem cheia de pensamentos confusos que estão me deixando louca) o que vem tornando meus dias mais felizes.

Pedra Selada (nunca mais faço essa trilha, rs)

Cachoeira do Alcantilado

 Rolé com Marido e amigos pelo centrinho de Mauá

Mas o trabalho me trouxe à realidade na quarta-feira de cinzas, ahauhaaahua
Mas ta bacana e muitas outras "fugas da realidade" estão programas para este ano. Surtada ou não.
E já que o ano começou agora, eu quero mais inspiração e menos chatice! rs
Bjus

13 de fev de 2010

Como não se estressar no Carnaval do Rio

Carnaval, pra mim, sempre foi sinonimo de feriadão, descanso, viagem... e de uns tempos pra cá, esse assunto virou coisa seria.
Como meu trabalho e extremamente estressante e, nesse período, todo o mundo que trabalha no mesmo setor que eu entra de ferias, minha permanencia lá se torna insuportavel: acumulo de atividades, calor, tolerancia zero...
É, isso é um desabafo: trabalhar com publico é um porre! Um saco! E se for um "publico" que não sabe nem o que esta fazendo naquele lugar é pior ainda (não tem explicação).
Mas, vamos lá...
Na quarta-feira eu já estava ansiosa para que a semana acabasse e o feriadão começasse logo. Ontem, na sexta, estava bem feliz, mas vi o que realmente me esperava.
Tempo de serviço esgotado, hora de vir embora e meu suplicio começava: as ruas LOTADAS de carros (todos na direção da Região dos Lagos), poucos onibus (Sair de carro nesse dia não é aconselhável, a não ser que va viajar direto do trabalho), sol escaldante e muitos blocos na rua.
Esse é o Carnaval do Rio.
Tem um tempinho que o pessoal aqui tenta fazer renascer o carnaval de rua na cidade e todas as tentativas têm dado certo.
Mas se vc é como eu e não é amante da "coisa", tá lascado.
Depois de mais de 35 minutos esperando um onibus surreal e super quente apareceu para me livrar de todo meu desespero (pessoas bebadas nas ruas, fazendo merda, que acham que vc compartilha de toda aquela felicidade tb: é Carnaval, vamos beber!).
Mas qual não foi a minha surpresa quando todo o caminho foi mudado por causa de alguns blocos que já estavam na rua.
De onde saiu tanta gente naquele horário? Horário de expediente.
***************************************
Como fazer para não se estressar:

* Como não tem jeito e eu só vou sair da cidade no domingo mesmo e negócio é relaxar.
 Se for sair, leve um bom livro, revista, jornal, game boy, baralho ou qualquer coisa que te distraia e faça esquecer que o transito esta uma merda.
Não tem jeito, tem bloco em todos os lugares.

* Se for sair de onibus, entregue a Deus! Tirando esses locais com muita movimentação e concentração de pessoas, a cidade esta vazia. Se for depender de transporte e não puder ir de metrô, se ta ferrado.
Dependendo do lugar pra onde se vai, a coisa ta complicada.
Mais espera que ele aparece.

* Sempre aparece um vizinho super animado te chamando pra ir curtir o bloco vai sair da esquina. Diz que ta indisposta, doente, inventa alguma desculpa. Não diz que não gosta de Carnaval porque senão te olham como se você tivesse sido abduzido, não fosse brasileiro etc. Esse tipo de comportamento e discurso te salva  de muita coisa, especialmente daquelas frases feitas "Quem não gosta de samba, bom sujeito..." Ah!

* No mais, espere em casa chegar seu horario de viajar e "ganha mundo".

Bom Carnaval a todos!

1 de fev de 2010

Desejo

"Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,

Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga "Isso é meu",
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar ".
(Victor Hugo)
**********************************
Isso porque estou desejando, desejável
Querendo muito
Muito da vida
E não esquecendo de agradecer sempre: Obrigada!

23 de jan de 2010

Riscos no uso de laxantes para emagrecimento

Recebi esse texto e achei bastante interessante.
Resolvi repassa-lo mas acho que muitos já conhecem esse conteudo.
Mas ai vai:

"Cada pessoa apresenta um hábito intestinal, sendo normal para algumas evacuar uma vez diariamente, para outras duas vezes ou mais ao dia. Muitas pessoas, mais especificamente as mulheres podem ficar um, dois ou até mais dias sem evacuar, o que ainda pode ser considerado normal.
Acrescentamos nesse processo biológico ainda a influência psicológica de cada um, por exemplo, algumas mulheres que não evacuam se não for no banheiro de sua casa e, quando viajam, ficam dias sem satisfazer essa necessidade.
O hábito intestinal sofre influência de vários fatores, entre eles: alimentação rica em fibras ou não, quantidade de água ingerida, nível de estresse, alterações de rotina, etc. Normalmente, muitas pessoas já fazem uso de laxantes para melhor resultado de suas necessidades, mas é muito comum, quando em processo de emagrecimento, fazer uso sistemático e constante de chás laxativos ou outros medicamentos.
Laxantes são medicamentos que promovem a evacuação e alguns são irritantes da mucosa intestinal. No processo de emagrecimento, logicamente a quantidade de evacuações diminuem porque se ingere menos alimentos e pode aparecer a constipação.
Está na moda a utilização contínua de chás ditos naturais, que prometem ação laxante, mas seu uso abusivo e prolongado pode desencadear um processo prejudicial ao organismo, principalmente devido às substâncias presentes nas plantas utilizadas na manipulação dos chás. Em excesso, esses compostos podem provocar e irritar a mucosa intestinal e evoluir para problemas mais sérios, segundo o especialista Dr. Flávio Antonio Quilici.
Os chás mais procurados no mercado para tratar a constipação são os de sene, cáscara sagrada e o extrato de ruibarbo, obtidos por meio da maceração das folhas dessas plantas, que também servem de matéria-prima para o desenvolvimento de medicamentos laxantes.
Acrescentam os especialistas que esses chás ou medicamentos não devem ser usados por mais de dois anos. No emagrecimento, o melhor a fazer é adequar a ingestão de alimentos ricos em fibras, como cereais, farelo de trigo, aveia, frutas com casca como ameixa preta, maçã e goiaba, entre outros.
A quantidade necessária de fibras deve ser de 20g para mulheres e 30g para os homens, diariamente, acrescidos de no mínimo dois litros de água por dia e exercícios físicos como caminhadas. Os doces, massas, gorduras, frituras e bebidas gasosas devem ser evitados.
O melhor e mais saudável é fazer com que os intestinos funcionem de modo natural através da própria alimentação e do estilo de vida associado aos exercícios.
Por Dr. José Rui Bianchi
Médico psiquiatra e Autor do livro
"Emagrecer também é Marketing" - DVS Editora

17 de jan de 2010

Ibitipoca


Primeiro destino de 2010 foi em Conceição de Ibitipoca, em Minas Gerais.
Que lugar maravilhoso e, inesquecível.
Vale a pena conhecer e, mais de uma vez.




9 de jan de 2010

Mais uma vez Gergelim

Olá!
Feliz 2010 a todos.
Hoje vou postar um texto bem interessante que descobri na net, através de um outro blog que eu acompanho aqui.
E mais uma vez vamos falar do gergelim.
Dá uma olhada:


O gergelim tem o nome científico de Sesamum Indicum, motivo pelo qual também é conhecido por sésamo. É uma das espécies vegetais mais antigas cultivadas pelo homem. É originário das regiões tropicais da África, Oriente Médio e Índia e tem sido cultivado há mais de 6.000 anos. Relatos sobre o potencial terapêutico do óleo de gergelim foram encontrados em antigos pergaminhos egípcios.
Outros nomes: jerxelim, gingilim
Portugal: matuta, ocota, gergelim, gingelim, gerzelim, jorgelim.
Espanha: sésamo, ajonjolí, aljonjolí, ajonjolé, alegria, jijirí, haholí.
França: sésame
Inglaterra: sesame
O gergelim é uma planta anual herbácea, que atinge até 1,5 m de altura. As flores são na cor brancas, rosa ou púrpura. Os frutos são cápsulas pubescentes que contém várias sementes achatadas de 2 a 5 mm de comprimento, normalmente de cor castanha; embora também existam variedades branca, vermelha ou preta. Amplamente cultivado nos países do Oriente Médio e na Índia; atualmente a sua cultura se estende por outras regiões tropicais e subtropicais da América, da África e dos países mediterrâneos. No Brasil seu principal pólo de produção fica na região nordeste.
Com propriedades medicinais, seu cultivo se justifica por causa de suas sementes, que fornecem até 50% de óleo de elevada qualidade nutricional.
As sementes de gergelim são ricas em manganês, cobre e cálcio, além das Vitaminas B1 e E. Elas contém um poderoso antioxidante (as lignanas), que também é anti-cancerígeno; e fitosteróis, que bloqueiam a produção de colesterol. Os nutrientes do gergelim serão melhor absorvidos se ele for pré-germinado e triturado exatamente antes do consumo.
Preparo e consumo no mundo
•    As sementes de gergelim devem ser ingeridas idealmente cruas. Para isso, basta colocar as sementes de molho em água por 4 a 8 horas.
•    As sementes de gergelim podem ser levemente desidratadas (torradas) em uma panela, mexendo-as constantemente com uma colher de pau, para evitar que se queimem. Neste caso, ficam mais crocantes, mas perdem enzimas e alguns nutrientes.
•    Existem outras maneiras de preparar o gergelim
  1. Óleo de gergelim: extraído da semente, é semelhante ao azeite de oliva e pode ser usado como qualquer outro óleo vegetal. É muito estável e pouco sujeito a criar ranço.
  2. Tahine ou manteiga de gergelim: trata-se de uma pasta muito saborosa obtida por moagem das sementes de gergelim. Os grãos claros, crus passados numa processadora, transformam-se em um tipo de manteiga. Substitui com vantagem a manteiga de origem animal e as margarinas (gorduras hidrogenadas).
  3. Gersal (gergelim + sal): trata-se de uma farofa obtida após triturar a semente crua ou levemente torrada com sal. Desta forma, transforma-se num dos temperos básicos da culinária e medicina macrobiótica e integral.
  4. Na alimentação crua a viva existe a possibilidade de transformar a semente germinada em leite e, da massa que fica após extração do leite, o queigelim, ou queijo do gergelim.
     

   
Por 100 gramas
Valor Energético
570 kcal
Carboidratos
23 g
Proteínas
18 g
Gorduras totais
50 g
Gorduras saturadas
7 g
Fibra alimentar
9 g
Cálcio
975 mg
Fósforo
616 mg
Ferro
14 mg
Potássio
725 mg
Sódio
60 mg


Pelos conceitos da Medicina Ayurvédica e da Medicina Tradicional Chinesa, a semente de gergelim é empregada para aumento da energia vital, tratamento de fadiga, aumento da tonicidade e firmeza muscular, regular as funções intestinais e tratar o sistema cardiovascular.
O consumo diário e adequado da semente de gergelim é um excelente complemento nutriticional para quem está submetido a uma grande atividade mental ou intelectual e deseja manter um bom rendimento. Por sua qualidade protéica, melhora a transmissão dos impulsos nervosos, que estão diretamente relacionados à memória. Indicado para tratar aspectos da saúde que são afetados pelo desequilíbrio emocional como: esgotamento nervoso ou mental, estresse, perda de memória, melancolia, depressão nervosa, irritabilidade ou insônia.
É considerado um excelente remédio para problemas do cérebro, como memória, pois age aumentando e fortalecendo os glóbulos vermelhos do sangue o que melhora a oxigenação do cérebro. Em paralelo, é um alimento ideal para alcalinizar o sangue, aumentando a atividade e o reflexo cerebral.
Pelo seu elevado teor de vitamina E, com seu poder antioxidante, o gergelim é considerado uma semente com ação rejuvenecedora e moduladora do metabolismo de envelhecimento e morte das células. Seu consumo é indicado como coadjuvante em problemas de libido e de engravidar.
A presença de cálcio é efetiva para acalmar os nervos, a ansiedade e sintomas psico-emocionais do estresse. Os grãos pretos são mais ricos em cálcio e vitamina A.
Excelente para as pessoas que passam por sobrecarga na demanda física: prática desportiva, gravidez, lactação, convalescença após intervenções cirúrgicas ou doenças.
Excesso de colesterol no sangue; arteriosclerose; prevenção do infarto do miocárdio e da trombose arterial.

Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para a alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.